13 fevereiro 2011

POR ONDE ANDAM OS AFETOS?

6 comentários:

Magna Santos disse...

Resposta de Guilherme:
_ Corre comigo!

Abraços.
Magna

nagaiver disse...

Ei, gostei do post, eu ri muito e também do blog. parabéns. Pelo visto, Freud continua explicando.

ASTROTERAPIA JUNGUIANA disse...

Bacana, vou seguir, abraço Cynthia

Anônimo disse...

É triste....

Anônimo disse...

Nasse momento é o que ela quer, é o que ela necessita.
Talvez seja por causa da sociedade que impõe (a valorização no momento)há também a mídia, a família...mas no momento a carreira para ela é mais importante do que o afeto.
Bom mesmo poderia ser conciliar os dois, como há nas propagandas de margarina. Na prática sabemos que isso não é possível principalmente quando se tem filhos.
Enfim, envolve muita coisa...e alguma delas vai acabar saindo perdendo...pelo menos por um tempo.

Viviane Perotto disse...

...o afeto anda pelas sacolas, no carro novo, no último modelo de celular, no shopping.
Ou são maneiras de suprir o afeto?
O afeto não recebido ou o não dado?