02 agosto 2009

CONSELHO PUNE PSICÓLOGA QUE OFERECIA TERAPIA PARA CURAR GAYS E LÉSBICAS


De acordo com a entidade, homossexualidade não constitui doença, distúrbio ou perversão
O Conselho Federal de Psicologia (CFP) decidiu nesta sexta-feira aplicar uma censura pública à psicóloga carioca Rosângela Alves Justino, que oferecia terapia para curar o homossexualidade masculina e feminina. Ela infringiu resolução do CFP, de 22 de março de 1999, na qual a entidade afirma que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão.

A punição aplicada pelo CFP a Rosângela foi menor do que poderia ter sido. A psicóloga estava sujeita à suspensão do exercício profissional por 30 dias ou, até mesmo, à cassação do registro. Entretanto, os conselheiros decidiram, por unanimidade, que a censura pública era a medida mais adequada no caso.

7 comentários:

Anônimo disse...

Adoraria saber, enquanto leigo, a opinião/explicação que a psicologia assume em relação à homossexualidade. Não vejo muito consenso entre os psicólogos que eu tenho encontrado.

Lua disse...

Olha, até que enfim esta mulher foi ao menos censurada!Já não era hora.
Gosto muito dos seus posts!!
Bjos!

Lília disse...

Surreal

priscilla disse...

affs...é dificil de acreditar"vi essa reportagem ja faz um tempo e nao cosigui acreditar em alguém leigo no assunto de homossexualidade cm um psicolo,pode cometer um erro grave cm esse.Homossexualismo nao é doença por esse motivo que se tiraram o prefixo "ismo".
ptz...essa psicologa é evangélica por isso(cm os evangélicos acreditam)ela acredita que homossexualidade é doença ou espiritos no corpo.A crença é algo surreal,e quando acreditamos em algo cometemos erros(catastrofico cm esse),e mesmo tendo estudado o assuntonao o fez mudar de idéia.

Rogério Silva disse...

É Priscillla! Concordo com você, mas desde o inicio da humanidade os homens se perdem quando misturam crenças com ciências. A homossexualidade é uma escolha de objeto, tal qual a heterossexualidade tambem é.

Freud já dizia que a a escolha de um indivíduo do sexo masculino por uma do sexo feminino e/ou uma do sexo feminino por uma do sexo masculino, não implica por sí só uma normalidade.

Alguem que estudou psicologia e se formou, não deveria assumir posições de crença no exercício ede sua profissão. Eu acho que a pena imposta foi muito branda.

abraços rogerio

IGREJA PENTECOSTAL CHAMA DIVINA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
IGREJA PENTECOSTAL CHAMA DIVINA disse...

Eu acredito sim que a homossexualidade deva trazer algum prazer sim ao praticante mais existe o pós traumático que é a mesma frustração de quem é dependente químico, logo dependência em drogas é considerado doença mesmo sendo tolerado,então existem homossexuais sofrendo também e ela oferece ajuda a essas pessoas não vejo nada de mais nisso, procura quem quer. Alem do mais ela deve ter visto a evidencia que o pênis no homem está no lugar da vagina na mulher evidenciando uma atividade conjunta natural já que anus os dois tem igual e com função especifica e orientação de odor natural que restringe seu uso; e deve ter sido por isso creio eu que ela agiu assim. Em suma eu a considero inocente!